FOTOGRAFAR UM FOTÓGRAFO

Se há coisa que não é fácil, pelo menos à partida, é fotografar um fotógrafo. Cada um tem as suas manhas e manias de fotografar e além disso não há muitos fotógrafos que se sintam à vontade do outro lado da máquina. 

O ano passado, a revista UP (revista da TAP que está nos aviões) pediu-me um trabalho que era exactamente fotografar o Miguel Claro, reconhecido astro-fotógrafo a nível mundial. Arranquei com a jornalista Maria Ana Ventura e o seu homem e video Maker Tiago Claro (é apenas coincidência o apelido não é familiar do Miguel) para Reguengos de Monsaraz, onde o Miguel nos ia mostrar os astros e levar-nos a incríveis passeios na região que é por excelência dos melhores sítios da Europa para ficarmos a ver estrelas.

Chegámos lá e fomos jantar com o Miguel e a sua mulher Apolónia e ambos se revelaram uns porreiros e acima de tudo com muita vontade que o trabalho corresse bem. Começámos logo bem, a fotografar à meia noite o Miguel e a Apolónia numa canoa dentro do Alqueva. Usámos principalmente a luz da Lua e alguns leds a ajudar. Para nós a abertura do artigo estava feita, mas como havia indicações editoriais para não usarmos fotos escuras, continuámos a busca pela abertura diurna.

O Miguel além de dominar completamente os astros e a astro-fotografia, é uma pessoa super interessante e para mim enquanto fotógrafo e curioso aquele encontro foi muito bom para perceber como outros fotógrafos olham para os seus objectos fotografados.

Foi um fim de semana de sonho (é como se chama a rubrica) onde vi coisas que nunca pensei ver (planetas, constelações) onde conheci pessoas incríveis com paixões diferentes mas tão intensas como as minhas.

Vejam o trabalho do Miguel em www.miguelclaro.com

IMG_0139.jpg
_DSF6360.jpg
IMG_0764.jpg
IMG_0809.jpg
IMG_0830.jpg
_DSF6322.jpg
IMG_0516.jpg
IMG_0624.jpg
IMG_0681.jpg
IMG_0545.jpg
IMG_5103.jpg
IMG_5122.jpg
_DSF7958.jpg